Férias no Nordeste – Morro de São Paulo – Parte I

Morro de São Paulo fica numa ilha a cerca de 300km de Salvador, tem cerca de 6000 habitantes que vivem basicamente do turismo e é um dos destinos mais comentados do Brasil. E é sobre este local que falaremos hoje, um local perfeito se o seu objetivo é simplesmente relaxar e aproveitar as férias, com os pés na areia e uma caipirinha na mão. 🙂

Como chegar

Existem 3 maneiras de chegar em Morro de São Paulo: – Avião: a maneira mais rápida e confortável, mas também a mais cara. A empresa Bahia Terra oferece o transporte, que dura 25 minutos e custa em torno de R$ 375,00 – Catamarã: os catamarãs saem do Terminal Marítimo Turístico em Salvador (em frente ao Mercado Modelo) e a viagem leva cerca de 2h até Morro de São Paulo. A passagem custa R$ 75,00. Esta é uma maneira eficiente e barata de chegar lá, porém se o mar estiver agitado, pode ser bem desconfortável. Quando fomos de Salvador para lá foi super tranquilo, mas quando voltamos de Morro para Salvador, quase todos os passageiros passaram mal e foi uma experiência bem desagradável. Então, recomendo que se escolher esta opção, tome um remédio contra enjôo antes de entrar no catamarã, para se garantir.

DSC07472
Terminal Marítimo de Salvador

– Mar + Terra: esta é a maneira mais barata, mas também a mais complexa e demorada de chegar lá. A vantagem é que o tempo no mar é bem menor, o que torna a viagem menos desconfortável. O primeiro passo é ir de Salvador a Itaparica: você deve pegar um barco ou ferryboat no Terminal São Joaquim, em Salvador, e ir até o Terminal Bom Despacho, em Itaparica (50 a 60 minutos). Lá, você deve pegar uma van até Valença (cerca de 1h30). Chegando em Valença, há um pequeno terminal marítimo com barcos ou lanchas que levam até Morro de São Paulo (30 a 45 minutos)

DSC00169
o “porto” em Morro de São Paulo

Chegando lá, você pode utilizar um táxi para levar suas malas até o hotel. Mas não pense que o táxi é um carro. Táxi, lá, é um carrinho de mão, e as pessoas que levam suas malas cobram cerca de R$ 15 para carregá-las. Como tínhamos pouca bagagem, decidimos levar nossas malas a pé mesmo. A ilha não é muito grande, mesmo que você esteja na terceira praia, a caminhada levará no máximo uns 20 minutos. Quando ir Morro de São Paulo é um local que tem movimento o ano inteiro, porém há épocas de mais movimento e mais caras, e épocas de menos movimento e mais baratas. Se você quer agito e festas, vá durante o verão. Se você prefere um pouco mais de sossego, vá na baixa temporada, quando os preços também são mais baixos. Quanto ao tempo, o clima lá é quente e úmido, e a temperatura média é de 24ºC. As temperaturas máximas lá raramente são superiores a 30ºC. A época de chuvas acontece entre maio e junho. Então, se você vai na baixa temporada, os melhores meses são  abril, setembro ou outubro. Onde dormir Morro de São Paulo é dividido em 5 praias, e há diversas opções de pousadas em hotéis em todas elas. A decisão de onde ficar deve se basear mais em o que você espera de lá e qual o seu objetivo. A primeira, segunda e terceira praias são as mais movimentas e com mais opções de hotéis e pousadas, o que as torna mais baratas para hospedar-se. A segunda é a mais movimentada delas, com vários restaurantes e bares e agito dia e noite. Você só deve cuidar a estrutura da pousada, pois como há muita festa na segunda praia, pode ser barulhento.

DSC00363
Segunda Praia
DSC00372
e o agito… música o tempo inteiro e pessoas muito animadas!

A quarta e a quinta praia são as mais desertas, lá é uma boa opção se seu objetivo é relaxar e ficar mais isolado e num ambiente mais calmo. Na quarta e quinta praias não há calçadão, é só a areia mesmo. Para chegar lá, é necessário utilizar o transporte que os hotéis oferecem, o que pode tornar a estada um pouco mais cara.

DSC00075
e a calmaria da Quarta Praia

Quando fui, fiquei na terceira praia, que é um misto entre o agito da segunda e a calmaria da quarta. Achei ótimo ficar lá! Fiquei no Morro Praia Hotel e adorei! O hotel fica bem na beira da praia, é só dar alguns passos para chegar no mar.

DSC00152
a vista do nosso quarto (nada mal, não é??)

Os donos do hotel são um casal de gaúchos muito simpáticos e oferece quartos com varanda (compartilhada) e alguns com vista para o mar. Além dos quartos tradicionais, há uma suíte no andar mais alto do hotel – onde nós ficamos 🙂 – com uma vista fantástica do mar e uma varanda particular. Nós decidimos ficar neste quarto pois a diferença de preço não era muito grande e, dividido por 2, valia muito a pena.

DSC07477
e o interior do quarto

Nós fomos super bem recebidos e eles estavam sempre preocupados em tornar nossa estada melhor. Perguntavam o que gostávamos no café da manhã (e no dia seguinte estava lá!), no dia que resolvemos almoçar no hotel prepararam acompanhamentos para o nosso almoço. Muito legal mesmo! Continue nos visitando, pois em breve contaremos mais sobre Morro de São Paulo: o que fazer e o que comer quando você estiver lá!

Anúncios

3 comentários sobre “Férias no Nordeste – Morro de São Paulo – Parte I

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s