O que comer na Disney – Epcot – Parte 3

Continuando o nosso passeio gastronômico pelo Epcot, hoje continuamos a visitar o World Showcase. Se você vai para a Disney e está pesquisando onde comer quando estiver por lá, vamos recapitular:

– Onde comer no Animal Kingdom;

– Onde comer no Disney’s Hollywood Studios, Parte 1 e Parte 2;

– Onde comer no Epcot, Parte 1 (Future World) e Parte 2 (México, Noruega e China).

No post de hoje vamos visitar os pavilhões da Alemanha, da Itália, dos EUA e do Japão:

ALEMANHA

Sommerfest (quick service): servem “cachorros quentes” alemães, as opcões são Bratwurst, Frankfurter (US$ 6,99 cada) e Currywurst (US$ 8,99 e é servido com chips). Tem também um tipo de macarrão gratinado com queijo e presunto (US$ 3,49 – é mais um acompanhamento do que um prato principal) e um sanduíche feito com uma espécie de bolo de carne alemão, chucrute, queijo suíço e mostarda (o Leberkase Reuben, US$ 9,19). Se estiver atrás de algo doce, vá direto strudel de maçã com calda de baunilha (US$ 3,99).

Leberkase Reuben - foto: easy wdw
Leberkase Reuben – foto: easy wdw

Biergarten (full service): serviço de buffet. Serve, evidentemente, comida alemã e seguido tem uma bandinha alemã tocando no restaurante. Serve almoço (entre meio-dia e 15h, preços entre 24 e 28 dólares por adulto e entre 13 e 15 dólares por criança) e janta (a partir das 16h até o parque fechar, custa USD 38 por adulto e USD 18 por criança).

Comida típica e ambiente bem alemão!
Comida típica e ambiente bem alemão! – foto: disboards

Entre os itens frios do buffet você vai achar saladas, incluindo salada de repolho, salada de pepino com endro, beterraba em conserva, salada quente de batata, pickles com mostarda, uma seleção de linguiças e presuntos e queijos. A seleção de sopas varia conforme a época do ano.

Já nos itens quentes você vai achar Sauerbraten (uma espécie de carne assada marinada), dumplings (bolinhos) de batata, frango assado, chuleta de porco gratinada com cebolas fritas, spaetlze, bratwurst, repolho refogado, filé de salmão com creme de limão com endro, entre outros itens. Detalhe importante: as mesas aqui são grandes, então você provavelmente vai dividir a mesa com outros grupos ou família. Prepare-se para conversar!

Servidos? - foto: disboards
Servidos? – foto: disboards

 

ITÁLIA

Gelato (snacks): a Itália não oferece nenhum restaurante com quick service, o mais próximo disso é a banquinha de gelato, que oferece exatamente isso: sorvete italiano! As opções são duas bolas de sorvete (na casquinha ou no copo – cerca de 6 dólares), um sanduíche de sorvete (dois cookies de chocolate chip com sorvete no meio – US$ 6,75), alguns tipos de sundae (as Coppas, US$ 9,75 cada) e o meu preferido, sorvete Fior Di Latte “afogado” em café espresso e finalizado com grãos de café cobertos de chocolate (US$ 9,75). Você também pode se deliciar com sobremesas típicas italianas (cannolli ou tiramisu – US$ 4,75 cada). Além disso a banca oferece cafés, vinhos, cerveja Moretti e algumas outras bebidas.

aaaah... a Itália <3 - foto: disboards
aaaah… a Itália

Tutto Gusto Wine Cellar – Não é exatamente um restaurante, é mais tipo uma espécie de bar, ótimo para quem gosta de vinhos (eles tabém têm uma seleção de cervejas italianas) e tem uma decoração linda e um pouco mais rústica que a dos seus irmãos Tutto Italia e Via Napoli. O menu é pequeno e composto de pratos que podem ser compartilhados por duas ou mais pessoas. São pratos de frios, queijos, azeitonas, bruschettas ou saladas, cada uma das opções representa uma região da Itália e cada um dos pratos custa entre 25 e 30 dólares. O menu também oferece algumas porções pequenas de sanduíches e massas. Importante!!! Não se esqueça que você também pode pedir qualquer coisa do menu do Tutto Italia enquanto estiver por aqui! 😉

Vinho, queijos, pães... você definitivamente está na Itália! - foto: disboards
Vinho, queijos, pães… você definitivamente está na Itália! – foto: disboards

Tutto Italia (Full Service) – Dos restaurantes do pavilhão, é o que tem a comida mais clássica: massas e carnes, tudo tipicamente italiano, devidamente acompanhado por uma extensa carta de vinhos. Reserve com alguma antecedência, principalmente se você vai estar com um grupo grande (mais de 6 pessoas). Se você decidiu visitar o Tutto na última hora, não desanime, vá até o restaurante e pergunte se eles podem acomodar vocês. Principalmente no meio da tarde (final do horário de almoço, lá pelas 14h ou no começo da janta, pelas 16h, 17h, é possível que eles consigam acomodar seu grupo.

Com comida italiana não tem errro!
Com comida italiana não tem errro!

Comece com o “Fior di Latte”, uma mussarela com pimentões assados, manjericão e óleo de oliva extra virgem (US$16,00 e dá tranquilamente para ser dividido entre duas pessoas). Se você está com um grupo maior, o Grande Antipasto Misto (US$30,00) é uma boa pedida! Entre os pratos principais (os preços de cada prato variam entre 23 e 30 dólares por prato e as porções são individuais), não tem erro, todos são uma delícia! Você pode escolher entre lasanhas, ravioli, polenta, risoto, tudo tipicamente italiano! Não deixe de provar também uma das sobremesas, eu sempre me atiro no mocha tiramisu (US$ 11,00)!

Mocha Tiramisu
Mocha Tiramisu

Via Napoli (full service): de longe, meu preferido! A atmosfera aqui é um pouco mais casual e o restaurante é inspirado no sul da Itália. Preste atenção nos fornos de pizza: são três, cada um representando um dos três vulcões que ainda estão em atividade na Itália (Vesúvio, Etna e Stromboli). Embora o restaurante também sirva massas, parmegianas e outros pratos, a estrela aqui é a pizza! Até a água utilizada na massa das pizzas aqui é especialmente tratada para ter o mesmo pH da água de Napoli (já que, dizem os italianos, o segredo da pizza está no pH da água utilizada para fazer a massa). As pizzas têm três opções de tamanho (individual, grande e mezzo metro). A mezzo metro (sim, meio metro de pizza), custa cerca de 40 dólares e serve tranquilamente umas 3 a 5 pessoas, dependendo da fome e você pode escolher até dois sabores. Não deixe de experimentar a Prosciutto e Melone (queijos fontina e mussarela, presunto italiano, melão cantalupe e rúcula) e a Quattro Formaggi (queijos fontina, parmesão, provolone e mussarela). Não deixa de provar também as Acqua Frescas, uma espécie de água com sabor tipicamente italiana (cerca de 6 dólares). Pule a sobremesa e peça um expresso! Quanto à reserva, aqui vale o mesmo que eu falei sobre o Tutto Italia!

Pizza grande de Pepperoni e Mezzo Metro Quattro Formaggi - essas pizza serviram bem cinco adultos com fome!
Pizza grande de Pepperoni e Mezzo Metro Quattro Formaggi – essas pizza serviram bem cinco adultos com fome!

 

EUA – American Adventure

Vamos ser sinceros? Com tantas opções, eu não vou até o Epcot para comer hamburger! Mesmo assim, existem algums opções interessantes por aqui:

Liberty Inn (quick service): não precisa de reserva! Serve um strip steak (tipo um filé) com manteiga de vinho tinto, batata frita e brócolis (cerca de 12 dólares), camarão frito com arroz (10 dólares), bolinhos de caranguejo com batatas fritas temperadas (11 dólares), além de nuggets, hamburguers e cachorro quente.

2012-10-27232415
Liberty Inn – foto: disboards

Funnel Cakes (snacks): se você vai fazer uma parada gastronômica no pavilhão dos EUA, pare aqui! Funnel Cakes são uma comida tipicamente americana: uma massa fininha frita, polvilhada com açúcar de confeiteiro. Uma delícia! A opção tradicional (minha preferida), só com açúcar, custa US$6.50 e é bom lanche para dividir (e se lambuzar) com a família. A banquinha também oferece opções com sorvete de baunilha, com maçãs, com calda de chocolate e até uma versão sabor abóbora com especiarias (pumpkin spice), que eu só recomendo para os paladares mais acostumados com o gosto americano.

Fritura com açúcar! <3
Fritura com açúcar! ❤ – foto: disboards

 

JAPÃO

Kabuki Cafe (snacks): serve sushi (eles servem porções pequenas California Roll, Temari e um combinado dos dois – US$ 4.98 cada), sorvetes (matcha, que é um sorvete de chá verde e azuki com morango, que é um sorvete de morango feito com, pasmem, feijão azuki – US$ 3.75 cada) e edamame. Mas a estrela aqui é o Kakigori! “O quêeee???” Kakigori, a versão japonesa das nossas raspadinhas! Um gelinho com sabor! Você pode escolher os sabores morango, melão, cereja, mikan (tangerina) ou rainbow (arco íris – três sabores no mesmo gelinho). Cada kakigori custa US$ 3.75 e é parada obrigatória no seu passeio gastronômico pelos pavilhões do Epcot!

Servidos? - foto: disboards
Servidos? – foto: disboards

Katsura Grill (quick service): além do sushi (que evidentemente, é opção obrigatória em todos os restaurantes do pavilhão do Japão, as porções aqui são maiores que as do Kabuki, é uma porção de almoço e custa cerca de US$ 10 cada prato), serve Teryiaki (de frango, carne ou de salmão – com arroz e legumes – cerca de US$ 10 cada um) e Udon (um tipo de massa japonesa, com carne, camarão ou curry – US$ 10). Se você curte comida japonesa mas não quer perder tempo em um restaurante ou não conseguiu reserva, seu lugar é aqui. A comida é muito gostosa e é uma versão um pouco mais simples e bem mais rápida do que você acha nos restaurantes do pavilhão.

Teryiaki de carne - foto: disboards
Teryiaki de carne – foto: disboards

Teppan Edo (full service): A grande estrela gastronômica do pavilhão. Se você quer almoçar ou jantar aqui, reserve com algumas semanas de antecedência. Serve sushi (não falei que é item obrigatório?), mas o foco aqui são as opções quentes, feitas na hora, na sua frente, em uma chapa quente. A refeição é, digamos, um pouco interativa! A comida é uma delícia e o ambiente é bem divertido. Você escolhe um tipo de carne (frango, filé mignon, peixe, camarão, vieiras) e o prato vem acompanhado de vegetais, arroz sukyiaki e noodles (um tipo de massa japonesa).

Teppan Edo - foto: disboards
Teppan Edo – foto: disboards

Tokyo Dining (full service): irmão menor do Teppan Edo. Os dois restaurantes funcionam no mesmo espaço. Além do menu oferecido aqui, você pode pedir quaisquer das opções do Teppan Edo que não sejam preparadas na chapa. Aqui o foco principal é o, adivinhem… SUSHI! É um pouco mais fácil conseguir reservas aqui do que no Teppan Edo, mas se você quer um horário perto do show de fogos, reserve com antecedência. E não se deixe enganar com as lendas que circulam em outros blogs: você não necessariamente consegue ver os fogos de dentro do salão do Tokyo Dining. O que acontece é que o salão é todo envidraçado e existe uma grande sacada na volta. Você pode se levantar da sua mesa e ver os fogos das janelas ou da sacada. Se o seu foco é ver os fogos e não provar a comida japonesa, melhor jantar mais cedo e ver os fogos no parque mesmo. E se você não come sushi, não se preocupe, há outras opções de pratos, como as opções de tempura e as carnes. Os pratos custam entre 20 e 30 dólares por pessoa.

Bento box: uma das opções no Tokyo Dining - foto: disboards
Bento box: uma das opções no Tokyo Dining – foto: disboards

 

Fique ligado! No próximo post da nossa série “O que comer na Disney” completaremos nosso passeio pelo Epcot falando das opções dos pavilhões do Marrocos, França, Reino Unido e Canadá! Até lá!

Anúncios

4 comentários sobre “O que comer na Disney – Epcot – Parte 3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s