O que comer na Disney – Magic Kingdom – Parte 2

Depois de alguns meses em férias prolongadas, hoje vamos continuar a nossa série “O que comer na Disney”, hoje vamos falar um pouco mais sobre o Magic Kingdom, dessa vez contando para você sobre as opções de refeições na Adventureland.  Se você vai para a Disney e está pesquisando onde comer quando estiver por lá, vamos recapitular onde já passamos na nossa série “O que comer na Disney”:

– Onde comer no Animal Kingdom;

– Onde comer no Disney’s Hollywood Studios, Parte 1 e Parte 2;

– Onde comer no Epcot, Parte 1 (Future World) , Parte 2 (México, Noruega e China), Parte 3 (Alemanha, Itália, EUA e Japão) e Parte 4 (Marrocos, França, Reino Unido e Canadá);

– Onde comer no Magic Kingdom, Parte 1.

ADVENTURELAND

  • Aloha Isle (snacks): Muito, muito importante, já que é onde você acha os famosos Dole Whips! Ah, você não sabe o que seria um Dole Whip? A gente explica: é um sorvete, daqueles de maquininha, mas é muito mais do que isso! Sério, procure no google, os apaixonados por esse sorvetinho formam quase que uma espécie de culto e o Dole Whip é provavelmente o lanche mais famoso da Disney. Vem em dois sabores (baunilha ou abacaxi) e servido no copinho (Dole Whip Cup, US$ 4,19) ou em um copo maior, servido com suco de abacaxi (Dole Whip Float, US$ 5,29). Eu recomendo o float, é uma delícia e a porção é enorme. Se a intenção é só fazer um lanchinho leve, dá inclusive para dividir entre duas pessoas. A Aloha também vende fatias frescas de abacaxi (US$ 3,29).
    dolewhips
    Dole Whip Float (com suco) e Dole Whip cup (só o sorvete) – foto: disboards

  • Egg Roll Wagon (snacks): Outro carrinho de lanches. A especialidade deste são os rolinhos primavera, que são oferecidos em duas opções, o de vegetais (US$ 2,75) ou de o cheeseburger (sim, é isso mesmo, rolinho primavera sabor cheeseburger, US$ 4,50 a porção com dois rolinhos).
  • Jungle Navigation Co., Ltd. Skipper Canteen (full service – almoço e janta): Baseado na famoso Jungle Cruise, a maioria dos pratos daqui têm influências africana, asiática ou sul-americana. Por enquanto, só aceita reservas para o mesmo dia, mas, até por este motivo, não tem sido difícil conseguir uma reserva. Todas as refeições começam com o pão Ambasha (com especiarias), servido com um molho feito com mel e mostarda (o pão não é cobrado). E, pasmem, entre as opções de bebidas do cardápio: GUARANÁ KUAT! Entre os aperitivos, eu recomendo o Falafel (servido com salada de tomate e pepino, US$ 8) ou o S.E.A SHU MAI (bolinhos recheados com camarão, porco e feijão mung, uma delícia!, US$ 10, vêm seis bolinhos mais um molho tipo de soja, é o melhor custo-benefício aqui), as entradas são relativamente grandes, eu recomendo pedir um para dividir entre duas pessoas. As arepas (US$ 9,50), são grandes o suficiente para servir de prato principal para uma pessoa sem muita fome.
    302_zpsyerfwkgo
    S.E.A. Shu Mai – foto: disboards

    As dez opções de entrada têm algo para agradar todo mundo, desde opções vegetarianas ( O Rice Noodle Bowl, massa de arooz com molho Pho, que você pode escolher se quer acompanhada com frango, pato ou tofu, US$ 23, ou  o Curry Vegetable Crew Stew (cozido de vegetais com curry, com acorn squash – um tipo de abóbora, lentilhas e couve, US$ 17,00), saladas (A lot of Steak Salad, US$ 18, com carne de gado marinada em molho Thai servida com alface, cenoura, pimentões, pepino, tomates cereja e molho asiático), uma opção de massa (Skip´s Mac and Cheese (Massa com molho Bechamel e queijo, com guisado apimentado, servida com brócolis, US$ 19). Entre as carnes, eu recomendo o Char Sui Pork, lombo de porco marinado e grelhado, servidos com brócolis chinês e arroz (US$ 23). Você pode optar também por costeletas de cordeiro com tempero africano e cozido de lentilhas (Grilled Lamb Chops, US$ 25), camarão com molho de alho e chili, também servido com brócolis chinês e arroz (Trader Sam´s Head-on Shrimp, US$ 25), peito de frango com vegetais, arroz com shiitake e molho Hoisin (Tastes Like Chicken, because it is! US$ 23) e Filé marinado em sofrito, servido com yuca, abacate e chimichurri (Dr. Falls Signature Grilled Steak, US$ 36).

    Skipper-Canteen11
    Char Siu Pork, foto: wdwinfo

    Para a sobremesa, eu recomendo o Kungaloosh!, um bolo de chocolate com temperos africanos e banana caramelizada, servido com sorvete de caju e caramelo, coberto com pó de café (US$ 8).

  • Sunshine Tree Terrace (snacks): lembra ali em cima quando eu falei do Pineapple Float e seus seguidores apaixonados? Pois é, essa banquinha aqui serve outro sorvete-criador-de-culto, o Citrus Swirl, uma mistura deliciosa de sorvete de laranja e de baunilha, servido no copinho, por US$ 3,79. Também serve sorvete de baunilha, café e bebidas em geral.

    download
    Citrus Swirl – foto: disboards
  • Tortuga Tavern (quick service – almoço e janta): A Tortuga abre apenas em épocas de maior movimento nos parques, mas mesmo assim, vale a pena mencionar. Oferece uma salada (Roasted Corn and Vegetable Salad, US$ 7,99 ou US$ 11,99 se você adicionar carne ou frango) e três tipos de sanduíches, um com porco assado, um com frango ao molho barbecue e um com carne ao molho barbecue, todos servidos em pão de forma com coleslaw – salada de repolho – e feijão (Cuidado!! É feijão americano, apimentado e adocicado), por US$ 10.99 cada.

Fique ligado, no próximo post vamos explorar as opções gastronômicas da Frontierland, no Magic Kingdom! Até a próxima!

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

3 comentários sobre “O que comer na Disney – Magic Kingdom – Parte 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s