Chile – As casas de Pablo Neruda

Quando se vai ao Chile, uma das coisas obrigatórias a se fazer é visitar pelo menos uma das casas de Pablo Neruda, um dos mais importantes poetas de língua castelhana no século XX, e que recebeu o Nobel de Literatura em 1971. Nós visitamos 2 das 3 casas e, pela minha experiência, posso falar que vale muito a pena visitar ao menos uma, pois além de serem casas lindas e bem excêntricas, os objetos por dentro são muito interessantes e em cada uma delas você pode conhecer um pouco da história do poeta.

La Chascona – Santiago

DSC05533

Localizada na rua Fernando Márquez de la Plata 0192, no bairro Bellavista, em Santiago, a casa, em forma de navio, foi construída em 1953 para sua terceira mulher, Matilde Urrutia, com cabelos avermelhados e apelidada de “La Chascona” (a descabelada). Nesta casa estão disponíveis audioguias em vários idiomas e você vai visitando a casa e escutando as explicações sobre a construção do local, os objetos, etc. Quando fomos, ainda não estavam disponíveis estes audioguias, então fomos conduzidos por um guia. É muito importante mencionar que durante as visitas (isto vale para todas as casas), você não pode tirar fotos dentro das casas. Somente é permitido tirar fotos nos jardins e exteriores das casas.

DSC05538
uma das partes da casa, cercada de lindos jardins

A casa fica aos pé do morro San Cristóbal e o terreno foi escolhido por Neruda por ser cortado por um pequeno canal e ter ruído das águas, já que o poeta tinha paixão pelo mar. Por isto é que a casa imita um navio, com o piso inclinado, teto baixo, janelas pequenas e sala de jantar em formato de navio. Lá estão expostos objetos pessoais do poeta, além de alguns manuscritos de seus poemas. Há também uma lojinha com vários objetos legais. Vale muito a pena a visita! O museu está aberto de terças a domingos, das 10h às 18h (de março a dezembro) e das 10h às 19h (em janeiro e fevereiro). O ingresso custa $5000 (aproximadamente R$ 25,00).

La Sebastiana – Valparaíso

DSC05654
a entrada da casa

Esta casa (a minha preferida entre as que visitamos) foi escolhida por Neruda para fugir do cansaço que Santiago lhe trazia. A casa foi construída por um engenheiro espanhol e comprada inacabada por Neruda. A construção original possuída 4 andares e Nerudo agregou um quinto andar. À medida que se sobe pelas estreitas escadas, o mar vai adquirindo mais presença e se tem uma vista cada vez mais bonita da cidade.

DSC05657

A visita na casa é por audioguia, disponível em vários idiomas. A casa é muito legal, cheia de objetos do poeta, de suas coleções (de bonecas, inclusive), e tem uma biblioteca muito legal. A casa localiza-se na rua Ferrari, 692 e está aberta a visitações de terça a domingo das 10h10 às 18h (de março a dezembro) e das 10h30 às 18h50 (janeiro e fevereiro). O ingresso custa $5000, assim como na outra casa.

Isla Negra – El Quisco

isla-negra-house-of-pablo-neruda-photo_1790457-770tall
vista da casa – fonte: google imagens

Pelo que li e pesquisei, me parece ser a mais legal e bonita das 3 casas, mas infelizmente não pude ir. A construção da casa se assemelha a um barco, e por ela se espalham diversos objetos, desde conchas, réplicas de veleiros, barcos em miniatura dentro de garrafas,etc. Foi nesta casa que o poeta vivia logo antes de morrer, e é nela que Neruda e Matilde estão enterrados. Esta é a casa com acesso mais difícil, mas é possível contratar passeios em agências de viagens ou ir sozinho, de ônibus. O museu está aberto de terças a domingos, das 10h às 18h (de março a dezembro) e das 10h às 20h (em janeiro e fevereiro). O ingresso custa $5000 também.

interior
o interior da casa lembra o interior de um barco – fonte: vayaadventures.com
Anúncios

Um comentário sobre “Chile – As casas de Pablo Neruda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s